Imagem Hospedada por bRImG.com - Hospedagem de Imagens

09/08/11 - Adicionado episódios dublados do CHAVES

06/08/11 -
Adicionado o vídeo da Twitcam Completa de Chespirito.

13/05/11 - O blog apagou TODOS os meus parceiros adicionados nos últimos 3 dias... Por favor entrar em contato comigo.

13/05/11 - Adicionado o chat do blog aqui em baixo... Participe.

16/05/11 - Adicionado a postagem de jogos do chapolin
Imagem Hospedada por bRImG.com - Hospedagem de Imagens

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Erros de gravação




Como todas as séries com poucos recursos Chapolin também teve seus erros de gravação, nada que desvalorize a genialidade de Bolanõs e sua turma. Nessa postagem veremos os erros mais famosos da série.




Neste episódio, a parede cenográfica cai em cima do Chapolin, e o cara dos bastidores que derruba a parede aparece na cena, e ainda sai correndo pra se esconder. (Episódio `A casa caindo de velha Versão 1, dublado apenas para os Box CH).




Nesse outro erro no episódio das goteiras o Chapolin disfarça para segurar o riso quando molha madruga com um balde d`água.




Figurantes seguram riso no episódio `A corneta paralisadora`.

Reparem que quando o figurante de camisa amarela joga tinta no que entra pela porta, ele se segura para não rir;
E quando o seu madruga pincela a cara do de camisa amarela na hora do close da para ver nitidamente ele segurando riso.





Episódio do `Mão Negra`

È possivel ver uma pessoa agachada ao lado do carro se preparando para abrir o porta malas assim que o Chapolin bata a porta do carro.





Outros erros de gravação (sem vídeos).

Créditos: Chapolinatela
e El Chavo Brasil



Episódio - Festa a fantasia (Versão 2)


Não se sabe se a edição dos episódios da Festa à Fantasia do Chapolin é da Televisa ou do SBT (eu acho que é da primeira), até porque três cenas exibidas no primeiro episódio são repetidas no segundo e em seqüência (embora não seja exatamente a mesma). As cenas que são apresentadas nos dois episódios são: 1 - Chespirito travestido de Charlie Chaplin sentado numa cadeira, cruzando as pernas sem parar de tão encabulado com a presença da Diabinha (Florinda), até cair no chão; 2 - Dr. Chapatin vê a mesma Diabinha na frente da porta da casa, até que ela entra enquanto o velho vira de costas e se arruma para paquerá-la. Nesse momento, aparece um cara bem alto também fantasiado de Diabo e fica na mesma posição em que estava a Diabinha. Chapatin se vira para flertá-la, se assusta ao ver que quem está na sua frente é o homem e o médico diz discretamente "Me dá coisas", abrindo e fechando a mão (no segundo episódio, Gastaldi não dubla a clássica frase do médico na mesma cena); 3 - Baixinho (Chespirito) distrai um cara vestido de Napoleão (Raul Velasco) e rouba a sua carteira. O homem em seguida faz uma cara de louco e um sinal de "C" com a mão para a câmera, como se estivesse chamando os comerciais (era a marca registrada do apresentador de TV mexicano Raul Velasco).

Episódio - Juleo e Romieta (Parte 1)

Na primeira parte do episódio do Juleu e Romieta, após o personagem de Rubén Aguirre bater em Chapolin com os pilares da escada, ele entra novamente na sua casa, mas a porta não fecha. E enquanto a cena com Chapolin e Juleu (Villagrán) vai acontecendo normalmente, Rubén, do lado de dentro, ainda tenta encerrar a porta, que não fecha de nenhuma maneira. Ele força, força, até que desiste e a deixa entreaberta mesmo.

Episódio - A construção (Versão 1)

Em "Construção", versão com Ramón e Carlos, no fim do episódio Sr. Porpeta (Edgar Vivar), que corria atrás de Chapolin, tropeça e cai no cimento molhado. De uma maneira esquisita, um segundo após o gordão se esborrachar no chão, um jato de água cai em sua direção. De onde veio aquela água? E não seria mais natural a água ir em direção contrária à posição de Porpeta, e não em cima do gordo? Um erro muito esquisito, sem dúvida!

Episódio - O patrão é quem manda

No fim do episódio "O Patrão é quem Manda", Chapolin, ao colocar seus pés no degrau da escada, planeja dar uma impulsão nela para cair de primeira dentro do galpão ao lado dos dois cavalos com escada e tudo. Porém, a primeira impulsão é fraca e ele acaba retornando para a sacada. Chespirito então é obrigado a forçar uma segunda impulsão com a escada para ir de encontro ao teto do galpão. E conta com a total ajuda de Rubén Aguirre para a realização da queda, pois ele também o empurra.

Episódio - Não se enrrugue couro velho que te quero para tambor

Num erro de edição provavelmente cometido pelo SBT, eles invertem duas cenas na seqüência do episódio do Cachimbo HHH. Com o público na dúvida sobre quem é o bandido, aparece primeiramente Ramón dizendo: "Eu não sou!". A câmera recua para Carlos que deixa claro: "Eu também não!". De repente ocorre um corte e a tomada muda para Chapolin perguntando para o rádio: "Ele não está por aqui?". O locutor (Potiguara Lopes, o já falecido primeiro dublador do Professor Girafales) responde: "Claro que não!". Chapolin agradece e o locutor: "De nada". Até que ocorre outro corte a, na tomada seguinte, aparece Edgar Vivar dizendo, numa fração de segundo: "E nem eu!". Ocorre mais um corte, com a tomada voltando para Chapolin, que pergunta de quem é o Cachimbo HHH. A edição das cenas é esquisita, pois fica claro que era para a cena de Edgar aparecer depois da negação de Carlos, e não depois da cena em que Chapolin conversa com o rádio, que era para ser apresentada depois da fala de Edgar, e não antes.

Episódio: A bola de cristal

ERRO: No início do episódio, quando o coronel fala para Workshetter que o Rajá Cara Rachada via cenas de sua própria morte, pode-se ver a sombra de um membro da equipe de filmagem passando pelo balcão de bebidas.

Episódio: A casa caindo de velha

ERRO: Há dois erros. Na hora em quem Valdés vai abrir a porta da cozinha a câmera se muda para lá e não há nada. Quando a porta cai e ele a levanta puxa um gato de lá. Quando Villagrán vai tirar os móveis do andar de cima nota-se claramente ele pulando dentro de um buraco.

Episódio: A casa mal-assombrada

ERRO: Reparem bem no finalzinho do episódio, quando Villagrán e Florinda Meza não querem mais a casa, vem um saco sendo atirado por um dos membros da produção. Quando eles atiram o saco, dá pra ver a sombra de um membro da equipe de filmagem.

Episódio: Folclore japonês

ERRO: Na hora em que Chapolin vai lutar com Symphato Yamasaki, ele esta com meias. No final da luta ele está sem meias.

Episódio: A volta da corneta paralisadora

ERRO: Quando Ramon Valdés, Rubén Aguirre e Edgar Vivar estão conversando, por uma janela da casa de Valdés dá para ver as anteninhas do Chapolin.

ERRO: Quando Chapolin aprece pela janela, ela está fechada e sem cortinas. Quando ele cai pela mesma, ela está aberta e com cortinas.

Episódio: O Vampiro

Erro: Quando o Chapolin vai dar uma marretada em Ramón Valdés pensando que ele é o vampiro, Ramón abaixa a cabeça para poder ser atingido pela marreta.


Episódio: O Verniz Insibilizador

Erro: Quando Chapolin bate com a cabeça na parede e o quadro cai, pela janela ao lado é possível ver a pessoa que puxou o prego do quadro.

Episódio: Os Aerolitos

Erro: O professor chama Chapolin para que o ajude a encontrar o caderninho de notas. Antes de chamar o Chapolin, o professor mete a mão em sua roupa e nos bolsos de seu jaleco, e o caderno não está lá. Mas no final do episódio, o caderninho preto está lá, no bolso do seu jaleco, no lado esquerdo. Dá pra notar a diferença pelo volume do bolso no começo e no final do episódio.

Episódio: A Volta de Super Sam

Erro: Super Sam e o Chapolin estão enfrentando o Poucas Trancas. Enquanto o Super Sam distrai o Poucas Trancas, o Chapolin bate nele várias vezes com a mareta biônica sem qualquer efeito. Então o Super Sam dá um tiro para cima e o Poucas Trancas implora misericórdia, e enquanto ele diz "Time is money, oh yeah", pode-se ver ao fundo que a marreta biônica está na estante e não na mão do Chapolin.

Episódio: O Rei dos Disfarçes

Erro: Quando Almôndega rouba as roupas do médico e deixa ele só com as roupas de baixo, ele passa pela enfermeira descalço, usando apenas meias. Ao passar por Dona Neves e Chapolin ele está calçando um sapato branco.

Episódio: Chirrin Chirrion do diabo

As mágicas nas séries eram muito mal feitas pela produção. No episódio do Chirrin Chirrión do Diabo, quando um objeto aparecia ou sumia na frente de Fausto (Chespirito, ao lado), o personagem demorava uns três segundos para perceber o fenômeno.

Episódio: O transplante de mão

No maravilhoso inédito exibido pelo SBT no dia 08/07/06, “O transplante de mão”, há um erro bem engraçado, embora pouco perceptível. No começo do episódio, Chapolin senta no detonador e ocorre uma explosão. O erro é que, um segundo antes da explosão, chapolin some. Veja o sumiço do Chapolin em “Câmera lenta”:


Episódio: O transplante de cérebros (Versão 2)

Esse é mais uma curiosidade do que erro.



Porque o Chapolin está usando esse tapa olho justamente nesse episódio?

No episódio anterior a esse que é inédito no Brasil (A história de Cleópatra Versão 2) o Chapolin também está usando um tapa olho de pirata, isso confirma a história que Bolanõs tinha feito uma cirurgia no olho nessa época.


Tapa olho no episódio da cleópatra inédito


2 comentários:

Monhinha Azevedo disse...

Gostei muito do post... o que tenho a dizer é que esses erros de gravação do Chapolin dão um toque a mais à série, fica bem mais divertida.
Gosto muito.
Parabéns pelo blog.

P.s.: Fundo vermelho não, please!

Marlon (Nenza) disse...

hehehe vlw, mas o fundo vermelho é o charme do blog e o amarelo da fonte da um contraste bem visivel.

Postar um comentário